Nova Gasolina V-Power da Shell Garante Mais Desempenho e Menor Consumo

Nova Gasolina V-Power da Shell Garante Mais Desempenho e Menor Consumo

Nova Gasolina V-Power da Shell Garante Mais Desempenho e Menor Consumo 2

Nova Gasolina V-Power da Shell Garante Mais Desempenho e Menor Consumo 3

A Raízen, licenciada da Shell no Brasil, acaba de lançar a nova geração da gasolina aditivada V-Power, que era conhecida nos postos como V-Power Nitro+. De acordo com a empresa, o novo combustível possui a mesma tecnologia Dynaflex usada na gasolina que a Shell fornece à Ferrari. De acordo com a Raízen, a nova geração da V-Power começará a chegar em todos os mais de 6.000 postos Shell no país a partir do dia 16 de outubro.

Nova Gasolina V-Power da Shell Garante Mais Desempenho e Menor Consumo 4
A nova V-Power terá 40% mais moléculas de produto detergente, responsável pela remoção dos resíduos da queima do combustível e do óleo dentro do motor, especialmente aqueles se se acumulam entre as válvulas e nos bicos injetores, os mais afetados. A promessa é que o novo combustível consiga remover até 80% desses resíduos logo no primeiro abastecimento.

Além disso, ela conta com nova geração de aditivo para redução do atrito interno das partes móveis do motor, o que também ajuda a melhorar a performance nas acelerações e nas retomadas, além de contribuir para a redução no consumo de combustível e nas emissões de poluentes.

VEJA TAMBÉM:  Como Cuidar de um Motor Turbo?

A novidade foi apresentada simultaneamente em mais 25 países e também se aplicam à gasolina V-Power Racing, de alta octanagem, voltada para veículos de maior desempenho.

A nova V-Power foi pensada especialmente para os motores mais modernos, no entanto, segundo os executivos da Raízen, pode ser usada sem problemas em automóveis mais antigos e rodados, bem como em motocicletas, barcos qualquer veículo com motor a gasolina.

De acordo com Gilberto Pose, coordenador técnico de combustíveis da Raízen:

“Essa nova formulação me surpreendeu pelo nível de resposta do motor e também pelo padrão elevado de proteção de componentes internos. Ela é especialmente benéfica para motores mais recentes, que estão muito mais sujeitos a altas temperaturas e pressões internas maiores, com folgas menores entre os componentes. Esses propulsores são mais sujeitos à formação de sujeira interna e mais sensíveis ao desgaste”

Quando o assunto é economia, Eduardo Wantuil, diretor de marketing da empresa, afirma que não dá para fazer uma estimativa precisa, já este quesito pode variar de acordo com o estilo de condução, o veículo e as condições da estrada. Mas, para dar uma ideia do potencial da novidade, o executivo informa que, no caso dos carros da Ferrari na Fórmula 1, a tecnologia Dynaflex resultou, de 2014 para cá, em um ganho de 23% na eficiência e de meio segundo por volta.

VEJA TAMBÉM:  Os Segredos Escondidos dos Carros

A novidade chegará em breve também em nosso posto. Quando isso ocorrer, nós informaremos através das redes sociais. Portanto, acompanhe nossa página no Facebook.

Eduardo Angelo

Por Eduardo Angelo

3 min
Autor